domingo, 4 de março de 2012

Bichinhos + leite = saúde


(imagem do google)

Estive no sítio. Não voltei entusiasmada e feliz de lá como de outras vezes. Hoje entendo a flutuação dos preços de hortifrutigranjeiros nas cidades em razão do clima. Tivemos muita, mas muita chuva mesmo em dezembro e início de janeiro, o que, inclusive nos impediu de ir até lá por causa da queda de barreiras na estrada e a subida exagerada do Rio Paraopeba, cobrindo a rodovia. De lá para cá, seca e um sol escaldante. Resultado? Poucas frutas, menores e muitas infestadas de pragas. Verduras? Só as ervas plantadas nos vasos, que são aguadas duas vezes por dia pela nossa fiel escudeira. Galinhas quase paradas, sem botar e que, apesar de passarem a maior parte do dia no parque, com água a vontade para beber, permanecem de bico aberto de tanto calor, para conseguirem respirar. Voltei desanimada, porque sei que, daqui para frente, estaremos, mais e mais, vivendo os extremos climáticos. Isso já é perceptível através da pouca diversidade de frutas e verduras disponíveis nas feiras e supermercados e que só diminui a cada ano. Minha única alegria foi meu pezinho de limão siciliano, forte, lindo e produzindo esta fruta deliciosa que mais parece ter sua origem no paraíso. No mais, só Deus... 
Em uma postagem anterior, que trata das possibilidades de dar um upgrade no sistema imunológico, Wilma Didou, minha querida amiga que sempre contribui com informação preciosa para este blog, demonstrou interesse em conhecer mais sobre lactobacilos vivos. Pois vamos lá.
Para começar, é necessário esclarecer que todo iogurte contem lactobacilos. Inclusive os industrializados. No entanto, nem todos são vivos. Após usados para fermentar o leite, acabam 'morrendo' pela adição de substâncias químicas utilizadas para aumentar o tempo de permanência e validade do produto nos frigoríficos. 
A rigor, lactobacilos vivos, após usados para fermentar o leite e fazer o iogurte sobrevivem sob refrigeração por até 7 dias. Após esse prazo, 'morrem', o que faz com que o produto fique mais ácido e pouco apropriado para consumo.


O QUE SÃO LACTOBACILOS VIVOS?

Lactobacilos são um gênero de bactérias benignas ao nosso organismo, sendo importantes para o bom funcionamento do sistema digestivo. Auxiliam na digestão dos alimentos e também são importantes na proteção das vilosidades (pequenas saliências vasculares) do intestino a partir de substâncias que por elas são produzidas.
Também sintetizam parte das vitaminas do complexo B de que nosso organismo necessita. Auxiliam na prevenção de doenças, pois a partir o processo de fermentação, para digerir carboidratos, estes microrganismos provocam a diminuição do pH intestinal, dificultando o crescimento de bactérias causadoras de doenças.
Os produtos comercializados que contêm lactobacilos vivos são alguns iogurtes de boa procedência, e os chamados probióticos: alimentos especialmente destinados a ajudar nosso sistema digestivo pela introdução de microorganismos. 
Em casa, faço meu próprio iogurte. Não tenho iogurteira e não é necessária. Basta uma vasilha de vidro com capacidade para dois litros de leite e com tampa. O processo de preparo é simples: ferve-se o leite tipo B e deixa-se esfriar até atingir uma temperatura de 45 graus, ou aquece-se o leite longa vida - do qual não gosto muito, por causa do excesso de substâncias químicas para torná-lo 'longa vida' - até atingir os mesmos 45 graus. Misturo um pacotinho de Bio Rich*, que são lactobacilos vivos, tampo e abafo dentro do forno até o dia seguinte. Dá um iogurte cheiroso, cremoso e que dura até 7 dias sob refrigeração. Pode-se misturar frutas, gergelim, aveia, linhaça na hora de consumir. E ainda tiro uns 200ml para servir de guia para mais quatro ou cinco iogurtes, antes de abrir outro pacotinho de Bio Rich*. 
Inclua lactobacilos vivos à sua dieta e melhore sua digestão. E, por acréscimo, ative seu sistema imunológico com prazer. Até breve. Beijos.
Em tempo: os nomes dos bichinhos que ajudam nossa saúde são culturas de L. acidophillus,  Bifidobacterium e S. thermophilus. Poderosos! 

13 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Eu digo que vc é puro amor.
Agora vou atras do Bio Rich.
Vamos ver se encontro.
Depois te conto.
Beijinhos

Drica disse...

PASSANDO PRA DESEJAR UMA ÓTIMA SEMANA!!!!!!!!! BJUS.

Cristina disse...

Você sempre nos ajudando com seus post, eu gosto muito de tomar, mas compro pronto, onde eu acho o Bio Rich? Um abraço!

Carla Fernanda disse...

Adoro vir aqui pq atualizo e fico estimulada a cuidar da minha saúde amiga. Este pacotinho de Bio Rich*. para mim é novidade. Já fiz iogurte há muito tempo usando iogurte natural em seu lugar, misturado ao leite. Preciso voltar a fazer esta maravilha para a nossa saúde.
Amiga vc tem um sítio que é muito especial mesmo né?
Beijos!!!

Carla Fernanda disse...

Ângela felicidades hoje e sempre...saúde... amor, amor e amar mais e mais....
Beijos

Luís Coelho disse...

Boa noite
Pois por aqui já andam mas rezas a pedir chuva. Isto está muito mau. Não me lembro de ver um inverno assim seco...

Carla Fernanda disse...

Ângela resta-nos mesmo a poesia e a razão...
Amiga meus seguidores sumiram... este blogger...
Beijos!!

Luís Coelho disse...

Por aqui o tempo também vai seco e inconstante. Não obstante as regas frequentes muitas laranjas caíram no chão e não podem ser aproveitadas.
A terra está contaminada de microorganismos que matam as couves e no sub solo os ratitos devoram tudo o que encontram como cenouras, batatas e cabeças de nabo.

Regina Rozenbaum disse...

Eiiii amaaada!
Essa notícia, pra mim, já tá desatualizada rsrs...é o tempo, né? Sabe do que vc me fez lembrar? Dos meus mininus e dos outros tb e o tanto que gostavam do tal Yakult. Euzinha nunca entendi esse gostar. Tô Rê_aparecendo...bem lento...mas tô.
Beijuuss n.a.
P.S: putz, agora são duas palavras pra provar que não sou um robô?!

Guma Kimbanda disse...

Olá ANGELa querida.

Muito agradável o inverno que por aqui se despediu. Muito sol, dias esplêndidos, o pior é que quase não choveu, as barragens não têm água e os agricultores e criadores de gado estão numa aflição. Tudo irá encarecer, para além da qualidade dos produtos ser menor. Penso que para além daquilo com que os humanos contribuem para estas mudanças, será cíclico e de tempo a tempo assim se processa.
Quanto ao iogurte e aproveitando os copos de vidro dos de compra, faço pelo processo que explicaste e deixo-os numa panela de pressão "agasalhados" de um dia para o outro, e depois é só degustar um iogurte caseiro e saudável, ao qual se pode misturar pedaços de frutos, mel etc.
Saudável, gostoso e o prazer de ser-mos nós a fazê-lo.
Estou como se pode verificar e por razões alheias à minha vontade sem a oportunidade de dar continuidade lá na "serra..", mas sempre que tenho acesso à net e a vida me permita, virei matar saudades que aliás já são muitas, muitas.
Deixo um beijo e kandandos extensíveis à familia, meu carinho e admiração de sempre... Inté minha querida amiga.

Carla Fernanda disse...

Ãngela querida que o renascimento seja uma passagem constante em nossas vidas, tornando-nos cada vez mais aptos para compreender o grandioso significado do amor que Cristo nos ensina a viver.

Feliz Páscoa!!

Luís Coelho disse...

Agradeço o carinho e os votos de BOA PÁSCOA.
Desejo para si e os seus ainda mais e melhor. Felicidades para todos.

Carla Fernanda disse...

Ãngela hoje é um dia que nos ensina a felicidade da superação e a vitória possível sobre a morte e todos os males.
Alegremo-nos!!!!

Feliz Páscoa amiga querida!!