sábado, 9 de junho de 2012

Para completar a dieta

OS SUPLEMENTOS NUTRICIONAIS SÃO INDICADOS 
PARA QUEM TEM CARÊNCIA DE VITAMINAS E MINERAIS. 
SEU USO INDISCRIMINADO ENTRETANTO, PODE SER PREJUDICIAL
(imagem do google)
Muitas vezes confundidos erroneamente com anabolizantes, os suplementos nutricionais, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), servem para complementar com vitaminas e minerais a dieta diária de uma pessoa saudável, quando a ingestão a partir da alimentação é insuficiente, ou quando a dieta precisa de suplementação.
Eles podem ser utilizados para acelerar as reações enzimáticas do corpo e ainda melhorar o funcionamento de alguns órgãos como cérebro, fígado e intestino. "Dessa forma, eles geram mais disposição, mais energia, melhoram a memória, o funcionamento dos rins e o tônus da pele", afirma a nutróloga Sylvana Braga.
Em geral, os suplementos são compostos por vitaminas e sais minerais e encontrados no mercado em cápsulas, comprimidos, na forma líquida, em pó e em sachê. Os tipos mais comuns são os formados por vitaminas A, complexo B, C, D, zinco, magnésio e manganês. "O ideal é que sejam prescritos por medico especialista em nutrologia. Avalia-se a quantidade de cada vitamina e seus sintomas e repõe-se com cuidado, sempre monitorando a reserva desta vitamina no corpo", destaca a médica. 
Sylvana alerta também para ao fato de existirem suplementos, vendidos em farmácias indiscriminadamente, que, em geral, possuem baixa dosagem de nutrientes. Segundo ela, esse tipo de produto não gera nenhum benefício e até pode prejudicar o organismo. "Alguns também podem ter vitaminas A e D (lipossolúveis, grifo meu) em excesso, o que eleva as chances de queda de cabelo e o desenvolvimento de tumores preexistentes", ressalta.
É importante estar ciente, pois são considerados suplementos alimentares só vitaminas e minerais isolados e produtos de fontes naturais. Aqueles repositores de energia, proteicos e aminoácidos, usados para melhorar o corpo ou o desempenho físico, são denominados 'suplementos alimentares para atletas' e são indicados apenas para profissionais.
(Matéria elaborada pela jornalista Talita Boros em 29 de abril de 2012)
Minha intervenção: há alguns anos, meu geriatra, Dr. Télio Andrade, de Belo Horizonte, já me alertava sobre o perigo de se ingerir suplementos vitamínicos e minerais sem necessidade, afirmando que as quantidades necessárias ao nosso organismo encontram-se na alimentação variada e saudável. Mesmo quando estamos mais velhos e nosso metabolismo vai ficando mais lento, não aproveitando tudo que o alimento pode oferecer, é preciso realizar medições dos elementos no sangue e só então prescrever os suplementos.
Já a algum tempo venho ouvindo e lendo pesquisas sobre a relação entre o uso indiscriminado de suplementos nutricionais e câncer. Como ingeri muitas vitaminas, fiz terapia de reposição hormonal e tive ca de mama, fico me perguntando se não foi esta combinação de fatores que fez surgirem as lesões. Hoje em dia evito qualquer coisa que não seja cuidadosamente prescrita e procuro me alimentar rigorosamente bem. Sugiro que façam o mesmo. 
(imagem do google)
Beijos.

5 comentários:

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Angela.
Não sei se cabe, mas é uma dúvida minha.
Recentemente, minha cirurgiã plástica disse que 15 dias antes da cirurgia para que evitasse qualquer ingestão de vitamina.
Motivo:- Trombose.
A vitamina E em algumas publicações, diz seu consumo evita, trombose, queloídes(tenho tendência) e alguns tipos de câncer.
E ai amiga? como dormir com um barulho desse?
Bjs.
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

Angela Fonseca disse...

Pois é, Wilma... O que eu acho, de fato, é que as pesquisas são numerosas e cada uma delas traz um resultado diferente, por vezes resultados opostos, dependendo da intenção do pesquisador e de quem o financia. Por isso não acredito em pesquisa científica totalmente isenta e objetiva.
O que posso afirmar é que a discussão sobre a relação entre ingestão de vitaminas e câncer é relativamente nova, mas, nos mais diversos debates, parece haver um consenso de que complexo de vitaminas usado sem necessidade pode estimular o crescimento de tumores preexistentes.Realmente a vitamina E é um poderoso coagulante, mas creio que dentro daquelas garrafinhas de soro com as quais saímos do bloco cirúrgico já deve haver uma boa dose desses elementos e, se os médicos pedem para não ingerirmos, talvez seja para não ocorrer uma superdose e a coagulação, ou espessamento do sangue, acontecer antes da hora. Veja que isto é apenas uma suposição, não um esclarecimento. Quanto aos queloides, o que sei é que pequenas doses de vitamina E aplicada com seringas usadas para insulina no local da cicatriz, após a retirada dos pontos, melhora significativamente o aspecto do corte e posterior fibrose local.
Por aqui, estamos atentas aos estudos e repassando as informações relevantes. Beijinhos, Angela

Luís Coelho disse...

A melhor coisa para a nossa saúde é saber comer de tudo e receber naturalmente todas as vitaminas dos alimentos.

Na carne ou no peixe, nas frutas ou legumes, no feijão ou na batata existem vitaminas diferentes que muito ajudam o nosso equilíbrio dietético.

Bloguinho da Zizi disse...

Angela
Como é difícil essa situação!
Há algum tempo, por conta da menopausa busquei informações para tratamento alternativo e todas as pesquisas mostravam a isoflavona como salvadora da pátria. Vi que muitas mulheres começaram a tomar tudo que contivesse a substância.
Um dia minha professora de Geocrom em visita ao Brasil me disse que era preciso muito cuidado pois estava comprovada na Europa que o uso da isoflavona (sem controle) causava ca de mama.
Fiquei pasma, pois as informações é que era justamente prevenir o ca de mama.
Na mesma semana dessa conversa, uma amiga me liga desesperada pois a mãe iria passar por uma cirurgia para retirada de mama. A revolta maior era que a médica a tratava com uma fórmula a base de isoflavona, pois tinha vários episódios com displasia.
Enfim, quero com essa história dizer que temos que ter cuidado redobrado com a ingestão do que quer que seja. Mesmo sob orientação médica não estamos livre de certos problemas. Acredito que é necessário ouvir várias opiniões sobre a questão para podermos tomar a melhor decisão.
Mesmo assim não é fácil.
E como disse a Wilma: durma-se com um barulho desse.

Beijinhos

Luís Coelho disse...

Olá bom dia
Passo a agradecer a visita em lidacoelho e a rezar contigo a mais bela oração do = PAI NOSSO =

Como é bom o sabor do Pão de cada dia
Aquele Pão que recebemos e aquele que partilhamos com alegria e amor.