sábado, 20 de agosto de 2011

Rapidinhas da cozinha: pílula contra o câncer

(magem do google)


Meu blog é sobre alimentação, mas não resisti em dar esta notícia, já que o objetivo de todos nós é criar melhores condições de saúde para todo mundo. E a novidade é muito boa: além de trazer à luz uma nova arma contra o câncer, podemos nos orgulhar de o trabalho de pesquisa ter tido a luxuosa contribuição de um jovem cientista brasileiro.




PÍLULA CONTRA O CÂNCER


Patologista brasileiro cria nova droga - sem efeitos colaterais - que vai revolucionar o tratamento da doença.


O interesse pela ciência começou cedo, aos 7 anos, quando ganhou do pai, que era clínico geral, e da mãe, médica bioquímica, seu primeiro microscópio. No segundo ano de Medicina na Universidade Federal do Paraná (UFPR), o então estudante Jorge Reis-Filho, hoje com 36 anos, passou a se interessar pelo desenvolvimento de doenças e, atualmente, pouco mais de uma década depois, integra um grupo de estudos que está trazendo uma revolução no tratamento do câncer. "A tendência é que essa nova droga seja a mais usada no futuro próximo", diz Reis-Filho. A grande diferença é que, ao contrário dos remédios atuais, a descoberta ataca apenas as células doentes e não tem os graves efeitos colaterais da quimioterapia. Professor de patologia molecular do Instituto de Pesquisas sobre o Câncer em Londres, um dos principais centros mundiais de estudos na área, Reis-Filho passa 14 horas por dia debruçado sobre microscópios ou no laboratório. O esforço está rendendo resultados e o remédio que ajudou a inventar deve chegar ao mercado ainda este ano. Ao lado da equipe do professor de biologia molecular Alan Ashworth e de seu próprio time de 12 pessoas, o brasileiro vem pesquisando alguns tipos de câncer de mama, do endométrio (a membrana que reveste o útero) e da pele nos últimos cinco anos.


Chamado por enquanto de inibidor da enzima PARP, o remédio evita a ação dessa substância no corpo dos doentes, contudo seu efeito é seletivo para células tumorais que têm alterações em certos genes que causam câncer de mama e de ovário. "Os inibidores não ficarão restritos a tumores resistentes à quimioterapia. Devem ser usados como padrão para alguns tipos de câncer de mama e de ovário também", afirma Reis-Filho. A droga para esse câncer deve ser licenciada já em 2011. Para o câncer de endométrio e de ovário, deverá chegar às farmácias nos próximos cinco anos.


(Fonte: Felipe Datt, Revista Galileu)

7 comentários:

Carla Fernanda disse...

Abençoado seja este anjo que descortina remédio contra este mal terrível Ângela.
Ótima notícia!!
Beijos,
Carla

Guma Kimbanda disse...

querida amiga ANGELa,

ouvi a noticia num noticiário de TV, mas desconhecia a feliz contribuição de um investigador brasileiro.
no pântano que são os noticiários onde 99% são noticias ruins, esta é como um oásis.
sei que OMS só permite a entrada de medicamentos no mercado, após saturados testes que por vezes levam anos.
pois que neste caso o tempo que falta para estar disponível, passe bem depressa.

beijo e kandandos meus a atravessar tanto mar...
inté amiga.

Anabela Jardim disse...

Que dádiva de Deus!!! Quantas esperanças essa pílula irá alimentar... Aparece lá no meu cantinho http://mulheresprendadasXmuçlheresmodernas.blogspot.com/ e responda ao desafio.

Regina Rozenbaum disse...

Ai Angelinha que notícia maravilhosa. Que a "burocracia" não impeça que esteja ao alcance de todos que dela precisem bem rapidim, né?!
Acabei de ler o livro (que tinha comprado ano passado, mas não consegui botar os olhos) ANTICÂNCER de David Servan-Schreiber e só me lembrei de vc e de sua cozinha! É impressionante amada...Imagino que já deva ter lido, entrado no site do autor, etc e tal. Senão, está às ordens!
Beijuuss n.a.

Evanir disse...

Seu blog realmente é de grande ajuda
quando tive que fazer mastectomia das 2 mamas foi grande o desespero da dor que sentia antes da cirurgia fui grandemente abençoada .
Tudo que digo hoje a fé em Deus faz parte da cura acreditem nisso.
Um beijo carinhoso,Evanir.

José Luiz Foureaux de Souza Júnior disse...

Ora, pílulas... Adorei seu comentários obre o microc-nto. Ele para ali mesmo. A continuaçãop fica por conta do leitor. Assim, você é exemplo de que consegui meu intento!
beijinho
;-)

Cristina disse...

Que notícia boa! Abençoado seja esse homem e suas pesquisas. Tão bom saber que há esperança para cura dessa doença. Aproveito para te agradecer pelas lindas palavras em meu blog viu? Fica com Deus minha amiga! Bjksssssss