sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Chá verde: novidades anticâncer

(foto de Dr. Servan-Schreiber, em 2008, do arquivo do google)


Em fevereiro de 2011, publiquei uma postagem sobre chá verde, do qual faço uso há algum tempo por conhecer suas inúmeras qualidades. Pois bem: na última segunda-feira, 05/09, encontrei-me com minha querida amiga Rê, do blog http://toforatodentro.blogspot.com/, para um Sempre um Papo de mesa farta e saborosa: sete escritores da melhor qualidade, comemorando os 25 anos do projeto sob a batuta de Afonso Borges. Havia pedido a ela que me emprestasse um livro que acabara de ler e do qual gostara muito, e ela veio ao nosso encontro com ele na mão. Com o título ANTICÂNCER, foi escrito por um jovem médico de origem francesa, psiquiatra e pesquisador na área de neurociência, relatando sua experiência de, aos 31 anos de idade, passar de médico a paciente de um câncer agressivo no cérebro, seu objeto de clínica e estudo, descoberto meio ao acaso, ao servir de 'cobaia' para um novo estudo feito através de ressonância magnética.

Para além do susto inicial e da sensação de perda de status na profissão, olhado com piedade e constrangimento pelos próprios colegas da Universidade de Pittsburgh, onde estudou e tinha seu laboratório de pesquisa, buscou racionalizar sua situação considerando que as estatísticas de qualquer pesquisa de sobrevida resultam numa curva que tem sempre uma longa cauda à direita que pode até se prolongar consideravelmente. Bingo! Sua previsão de sobrevida de seis semanas passou a funcionar apenas "como uma informação, não como uma condenação". A partir de então, passou a encarar a doença como um desafio, nem tão grave assim. E passou a avaliar as opções de tratamento, bem como as 'outras possibilidades', ou seja, as mudanças que deveria realizar em seu curso de vida para fazer o tratamento dar certo.

David Servan-Schreiber faleceu no meio deste ano, aos 50 anos de idade, de uma recaída, 19 anos depois do diagnóstico inicial! Durante este tempo fez escolhas fundamentais e viveu com qualidade. Um dos pilares da transformação que operou foi a alimentação. Algo sobre o quê venho insistindo em falar aqui na nossa cozinha. Estou lendo o livro com calma e impaciência, ao mesmo tempo, de tão excitante que é ver um paciente de câncer falar das coisas que já publiquei aqui, inclusive sobre a dieta do Dr. Bob Arnot, que, apesar de fornecer informação séria, fundamentada e de qualidade para o controle e a prevenção do ca de mama, não era, ele mesmo, um doente.

Mencionei o chá verde no início desta postagem porque o Dr. Servan-Schreiber traz novidades sobre o seu uso. Do ponto de vista técnico, o que ele propõe é uma maneira de barrar a invasão dos tecidos adjacentes ao tumor tratado, chamada de metástase, como também impedir a angiogênese, ou seja, a capacidade de o tumor criar novos vasos sanguíneos para alimentá-lo. As substâncias anticâncer do chá verde, ou seja, da erva camellia sinensis, são conhecidas como catequinas - em especial uma delas, a epigalocatequina-3-galato - ou EGCG -, que, segundo ele, "é uma das moléculas nutricionais mais poderosas contra os mecanismos necessários à invasão dos tecidos e à formação de novos vasos pelas células cancerosas. Ela é destruída durante a fermentação necessária à fabricação do chá preto, mas está presente em abundância no chá que permaneceu 'verde' (não-fermentado)". Ainda de acordo com o médico, "após duas ou três xícaras de chá verde, a EGCG está presente no sangue em grandes quantidades, espalhando-se por todo o organismo através dos pequenos vasos capilares que cercam e nutrem cada célula do corpo. Ela se coloca na superfície destas últimas e se encaixa nos interruptores (os 'receptores'), cuja função é dar o sinal que permite a invasão dos tecidos por células estrangeiras, como as células cancerosas". Tudo isso sem efeitos colaterais!

O livro do Dr. Servan-Schreiber é uma confirmação de tudo que venho buscando divulgar aqui e isso me deixa muito feliz. Para os mais céticos, posso afirmar que a bibliografia que fundamenta a obra é extensa e consistente, resultado de artigos acadêmicos produzidos nas instituições de ponta na pesquisa do câncer e publicados nos mais conceituados periódicos científicos. Segundo eles, em laboratório, a EGCG bloqueia até mesmo o efeito dos cancerígenos químicos injetados em cobaias, responsáveis por tumores de mama, pulmão, esôfago, estômago e cólon.

Na minha postagem de fevereiro/2011 discorro sobre o chá verde, seu poder de desintoxicar o organismo e o modo de prepará-lo. Como sou esperta, vou continuar com esse hábito saudável e agradável. Que tal um chá verde das cinco?

Entre uma xícara e outra, seguirei lendo e virei divulgar as novidades que o Dr. Servan-Schreiber trouxe para a abordagem da doença e sua prevenção. Beijos.

Para quem quiser pesquisar no site do médico, o endereço é http://www.anticancer.fr/. No google também é possível encontrar farta informação sobre ele e no youTube há um vídeo do Globo Repórter - em duas partes -, falando dele e suas teorias.

7 comentários:

Carla Fernanda disse...

Um chá verde e abençoado amiga. também vou divulgar esta maravilha.
Beijos e bom sábado!!
Carla

Regina Rozenbaum disse...

Ah que maravilha! Havia dito que, o tempo todo que lia o livro, me lembrava de vc e de sua incansável cozinha. Sabia que vc iria fazer frutos (muito mais que eu) para partilhar conosco...e agradeço. Já viu quanta coisa tem para postar aqui pra gente?! Com esses acréscimos e jeito ímpar de nos convidar, sempre, a optar pela alimentação saudável...independente de qq doença. Já viu/leu o coquetel que o doutor sugere?! E as tabelas dos alimentos?! Aff que vou ficar aguardando seu toque de chef...não dispenso messsmo.
Beijuuss, Angelinha amada, n.a.

Luís Coelho disse...

Cuidar da nossa saúde com uma boa alimentação e com uns copos de chá é uma conquista que nos podemos propor.

Ainda temos alimentos saudáveis que podemos aproveitar naturalmente.

Obrigado por este recordar.

Silvina disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Carla Fernanda disse...

E deste colar Ângela, és uma das pérolas querida!
Beijos, boa noite e boa semana!
Carla

Cristina disse...

Ângela, vou começar a tomar também esse chá verde. Muito bom suas dicas de alimentação, saiba que me ajuda e muito viu? Um abraço

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Já estou fazendo uso do chá verde.
Embora para o meu paladar, que não foi acostumado a tomar chá, ele desse como um remédio.
O que não é problema diante de tantos benefícios.
Bjs.
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com