quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

It's really fun!

(imagem do google)
A vida é, mesmo, uma caixinha de surpresas. Tenho postado menos e há uma razão. Comecei, recentemente, a trabalhar como assistente acadêmica de um professor da Faculdade de Medicina da UFMG e estou a*do*ran*do! É bem variado, aprendo coisas novas todos os dias e relaciono-me com pessoas interessantes, inclusive o meu próprio chefe. 
Pois não é que, nas minhas andanças dentro da faculdade, vejo um rosto conhecido e chamo: Ethel Mizrahy! Ela se volta e nos abraçamos. Um encontro muito bom!
Ethel foi minha orientanda de TCC, nos meus tempos de professora universitária. Uma aluna brilhante, que se destacava na sua turma, embora sendo uma pessoa discreta. Muito estudiosa, comprometida e, como se não fosse suficiente, dona de um sorriso cativante. Então: ela está trabalhando no Centro de Memória da Medicina da UFMG - história é sua área de formação - e fiquei muito feliz por reencontrá-la. É bom chegar de manhã na faculdade e ver sua carinha através do vidro da porta de sua sala. Nem sempre dá para parar e trocar umas ideias. No entanto, outro dia, estava um pouco mais tranquila, desci e fui bater papo. Conversa vai, conversa vem, trocamos e-mails e, a certa altura, falei do blog. Ela ficou entusiasmada, interessada na questão alimentar. A partir daí, passou a me enviar muitos artigos sobre o assunto e o que posto hoje recebi dela uns dias atrás. Discorre sobre a banana, essa fruta tão abundante em nosso país 'abençoado por Deus e bonito por natureza' e perene, ou seja, é produzida o ano inteiro. Muita gente não dá a ela o devido valor. Talvez porque não tenhamos aprendido a valorizar aquilo que temos com fartura, dando preferência a outros frutos, exóticos, julgando que possuam mais 'charme'. Eu amo banana. É uma fruta versátil, que pode ser ingerida de várias maneiras e em vários preparos. Costumo abrir o site da Faculdade de Medicina todas as manhãs, quando chego ao trabalho, para ver as notícias. No final do mês passado foi publicada uma matéria interessante sobre a atuação do potássio - presente na fruta - no alívio das cãibras, corroborando outras notícias sobre o tema que já haviam me chegado às mãos. Pois bem, aí vai a contribuição da Ethel exatamente como chegou. A ela, minha gratidão. 

Nunca coloque sua banana na geladeira!
Isso é interessante.
Depois de ler isto, você nunca vai olhar para uma banana da mesma maneira novamente. A banana contém três açúcares naturais - sacarose, frutose e glicose, combinados com fibra. A banana dá uma instantânea e substancial elevação da energia.

Pesquisas provam que apenas duas bananas fornecem energia suficiente para um treino de 90 minutos extenuantes. Não é à toa que a banana é a fruta número um dos maiores atletas do mundo.

Mas energia não é a única forma de uma banana poder nos ajudar. Pode também promover a cura ou a prevenção um grande número de doenças. Torna-se, pois, uma obrigação adicionar a banana à nossa dieta diária. 

Depressão: de acordo com recente pesquisa realizada pela MIND, entre pessoas que sofrem de depressão, elas se sentiam melhores após ter comido uma banana. Isto porque a banana contém triptofano, um tipo de proteína que o corpo converte em serotonina, reconhecida por relaxar, melhorar o seu humor e, geralmente, fazem você se sentir mais feliz.

TPM: 
Esqueça as pílulas - coma uma banana. A vitamina B6 regula os níveis de glicose no sangue, que podem afetar seu humor.

Anemia: por conterem muito ferro, bananas estimulam a produção de hemoglobina no sangue e ajudam nos casos de anemia.

Pressão Arterial:
Este fruto tropical é muito rico em potássio, mas reduzido em sódio, tornando-a perfeita para combater a pressão alta. Tanto é que a Food and Drug Administration (www.fda.gov), nos Estados Unidos, permitiu que a indústria da banana oficialmente informasse ao público que, ao comer essa fruta, ela poderá reduzir o risco de pressão alta e infarto.  

Cérebro: 200 estudantes da escola Twickenham, na Inglaterra,  tiveram ajuda extra nos exames este ano comendo bananas no café da manhã, lanche e almoço, em uma tentativa de elevar sua capacidade mental. A pesquisa mostrou que o elevado teor de potássio na banana pode ajudar a aprendizagem, tornando os alunos mais alertas. 

Constipação: com elevado teor de fibra, incluir bananas na dieta pode ajudar a normalizar as funções intestinais, ajudando a superar o problema sem recorrer a laxantes.

Ressaca: uma das formas mais rápidas de curar uma ressaca é fazer uma vitamina de banana, adoçada com mel. A banana acalma o estômago e, com a ajuda do mel, aumenta os níveis de açúcar no sangue, enquanto o leite suaviza e reidrata o sistema.

Azia: elas têm efeito antiácido natural no organismo, por isso, se você sofre de azia, experimente comer uma banana para aliviar. 

Enjôo matinal: comer uma banana entre as refeições ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue elevado e evita as náuseas.

Picadas de mosquito:
antes do creme para picada de inseto, experimente esfregar a zona afetada com a parte interna da casca da banana. Muitas pessoas acham o procedimento excelente para reduzir o inchaço e a irritação.

Nervos:
Bananas são ricas em vitaminas do complexo B, que ajuda a acalmar o sistema nervoso.  

Excesso de peso e pressão no trabalho? Estudos do Instituto de Psicologia na Áustria mostram que a pressão no trabalho leva à excessiva ingestão de alimentos como chocolate e biscoitos. Estudando 5000 pacientes em hospitais, pesquisadores concluíram que os mais obesos eram os que mais sofriam de pressão alta e ataques de ansiedade. O relatório desse estudo, concluiu que, para evitar que comamos biscoitos e doces quando estamos ansiosos, é necessário que se comam alimentos ricos em carboidratos a cada duas horas para manter níveis estáveis de açúcar no sangue; é aí que entra a nossa querida banana. 

Úlceras: A banana é usada na dieta diária contra desordens intestinais, pela sua textura macia e suavidade. É a única fruta crua que pode ser comida sem desgaste em casos de úlcera crônica. Também neutraliza a acidez e reduz a irritação, protegendo as paredes do estômago.

Controle de temperatura:
Muitas culturas vêem a banana como fruta 'refrescante', que pode reduzir tanto a temperatura física, como a emocional de mulheres grávidas. Na Tailândia, por exemplo, as grávidas comem bananas para os bebês nascerem com temperatura baixa. 

Seasonal Affective Disorder (SAD): a banana auxilia os que sofrem de SAD, porque contem a vitamina B6 e triptofano, que nos acalmam e nos fazem ficar bem humorados.

Fumo e Uso do Tabaco:
As bananas podem ajudar as pessoas que tentam deixar de fumar. Vitaminas A, B6 e B12, assim como o potássio e magnésio, ajudam o corpo a se recuperar dos efeitos da retirada da nicotina.

Stress:
O potássio é um mineral vital, que ajuda a normalizar os batimentos cardíacos, levando oxigênio ao cérebro, e regula o equilíbrio de água no corpo. Quando estamos estressados, nossa taxa metabólica se eleva, reduzindo os níveis de potássio, que podem ser reequilibrados com a ajuda da banana, por ser rica em potássio.

Enfarto: de acordo com pesquisa publicada no New England Journal of Medicine, comer bananas como parte de uma dieta regular pode reduzir o risco de morte por enfarto em até 40%! 

Verrugas: os interessados ​​em alternativas naturais juram que quem quiser eliminar verrugas deve pegar um pedaço de casca de banana e colocá-lo sobre a verruga, com o lado amarelo para fora. deve-se prender cuidadosamente a casca no local com esparadrapo. 

Assim, a banana é um remédio natural para muitos males. Ao compará-la com uma maçã,  a banana tem quatro vezes mais proteínas, duas vezes mais carboidratos, três vezes mais fósforo, cinco vezes mais vitamina A e ferro e o dobro das outras vitaminas e minerais. Também é rica em potássio e é um dos alimentos mais valiosos para nossa saúde. Então talvez seja hora de mudar essa frase em inglês, tão conhecida: "An apple a day keeps the doctor away", e que nós, traduzindo, deveríamos usar: "Uma banana por dia mantém o doutor sem freguesia!"

PASSE PARA OS AMIGOS!!!
PS: Bananas devem ser a razão pela qual os macacos são tão felizes o tempo todo! Vou acrescentar uma dica aqui: quer um brilho rápido nos sapatos? Pegue a parte de DENTRO da casca da banana e esfregue diretamente sobre o sapato... Passe, depois, um pano seco. Fruto incrível!

Vai querer uma bananinha aí? Beijo.

10 comentários:

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Angela, hoje de manhã fui verificar se o cacho de bananas que apanhamos estava maduro.
E a surpresa, todo de uma vez só.
Pensei na hora em passar um email para você me ensinar como fazer doce de bananas sem açúcar.
Agora chego aqui e vejo esse post, maravilhoso.
Bendita banana, bendito reencontro.
Amei tudo.
OBS.: Me passe a receita, vou preparar os potes e presenter minhas vizinhas.
Beijos
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

Érima disse...

Não coloque na geladeira???????/ Não entendi...

Cristina disse...

Ângela querida eu amoooooooo banana, minha fruta preferida e concordo com tudo que acabei de ler. Nos intervalos das refeições eu como banana, levo de lanche para muitos lugares na bolsa, ela tb não é cara, mata a fome e aumenta nossa energia. Quer fruta melhor? Para mim que tenho problemas gástricos me auxilia muito. E estou contente em vê-la bem e trabalhando!!! Um grande abraço!!!

Regina Rozenbaum disse...

Pra depressão? Vou me tornar a Chita mais feliz desse nosso planetinha! Já te falei aqui que não sou fãzona da fruta, mas tenho ingerido pelo potássio e outros benefícios... Ethel? Acho que não conheço...filha de quem? Pois toda a família Mizrahi é amiga, há tempos, da minha.
Beijuuss Litle Angel

Angela Fonseca disse...

Querida Érima, grata por sua visita à minha cozinha! Postei o material na íntegra, tal qual o recebi. Mas fico pensando que a advertência "não ponha suas bananas na geladeira" pode significar duas coisas.
1a. Não deixe as bananas na geladeira. Coma-as! Porque fazem muito bem.
2a. Não coloque as bananas cruas na geladeira porque determinados alimentos não devem ser armazenados sob refrigeração. E a banana é um deles, disso tenho certeza.
Um abraço para você e volte sempre. Angela

Angela Fonseca disse...

Querida Wilma, já postei aqui, há bastante tempo, uma receita da Sônia Hirsch (www.correcotia.com) e vou repeti-la para você.
Vá comendo as bananas que der conta de comer enquanto estiverem com a casca amarelinha. No momento em que as cascas escurecerem, ficando pretas, ao invés de dispensá-las, descasque-as, retire as pequenas partes que não estiverem em bom estado, corte-as em rodelas e coloque em uma panela. Acrescente um pitada de sal. Isso mesmo: sal!
Tampe e cozinhe em fogo baixo. Se gostar (eu adoro!) junte um pauzinho de canela. Ela estará pronta quando o aroma inundar a cozinha. O sal "desperta" o açúcar da própria banana (frutose) e rende um doce delicioso, sem adição de açúcar. Coloque nos potes esterilizados e presenteie as amigas. Mas guarde um para você, porque é irresistível.
Muitos beijos.

luís rodrigues coelho Coelho disse...

559 nedyAHuParabéns pelo novo cargo.
Desejo-lhe as maiores felicidades.

Já conhecia algumas das propriedades da banana mas não todas. É uma fruta que não se cultiva aqui mas todas as semanas compramos um quilo aproximadamente a 90 cêntimos.
No jardim plantei uma bananeira que quintuplicou, mas agora no Inverno a geada queima-as. Rebentam na Primavera e os cachos nunca crescem para o tamanho aceitável.

Bloguinho da Zizi disse...

Mais um pitaco pra vc minha amadinha Angela.
A casca da banana ajuda nas queimaduras causadas na cozinha. Sabe aquelas causadas por frituras ou uma bela encostada no forno, ou na panela fervendo. É um santo remédio.
Ah... e mais outro pitaco.
Na terapia floral do sistema St Germain a flor da bananeira (Sapientum - Musa sapientum) atua assim:

Conecta-nos com a energia que aciona as qualidades da sabedoria e da experiência que acumulamos em vidas passadas. É um floral de limpeza de camadas profundas da alma e do corpo físico. Floral que traz o conhecimento e o entendimento até a forma de ascensão. É um floral maturativo, útil à pessoas imaturas, crianças imaturas ou com atraso em algum aspecto do seu desenvolvimento. Este floral atua em camadas profundas do corpo emocional. Trabalha a impotência sexual e o sensualismo exacerbado. Útil também aos que se sentem medrosos e covardes frente a certas situações, para os de índole frágil e débil, para pessoas indolentes e abatidas, para os que sentem falta de vigor. Qualidades medicinais desta planta: atua contra as diarréias astêmicas. É antinflamatório, cura feridas (também uso tópico), erisipela e afecções semelhantes, e queimaduras profundas. Atua beneficamente na consolidação das fraturas ósseas. É um reconstituinte de alto valor nutritivo, é mineralizante e rico em vitamina A. É diurético e um contra veneno, extirpa verrugas, olho de peixe quando no início do processo, cura a icterícia, erisipela, trabalha a reconstrução das camadas profundas da pele, anomalias da pele, queimaduras profundas, edemas traumáticos, é cicatrizante, é tônico capilar e muscular. Útil nas bronquites, asma, tuberculose pulmonar, pneumonia e dispepsia. Combate o catarro da bexiga, gonorréia, leucorréia, hemorragia uterina e hemorragias em geral, aftas, laringite, nefrite, gota, afecções hepáticas, gastrite, colite, hemorróidas, nevralgia, inflamação do reto e prisão de ventre.
daqui:
http://www.fsg.com.br/florais_detalhes.php?num=74

beijinhos

Angela Fonseca disse...

Valeu, Zizi! Você é uma querida. Sempre agregando conhecimento. Beijo especial.

silvioafonso disse...

.



É natal, você sabia?
É por isso que eu vou
bater de porta em porta
na intenção de doar o
melhor dos meus sorrisos,
e você sabe por quê?
Porque os sinos do Na-
tal há muito vêm dobran-
do dentro do meu pei-
to me levando à realida-
de do momento.

Feliz Natal

silvioafonso







.