terça-feira, 17 de maio de 2011

Desperdício global

(imagem da internet)
Relatório da ONU revela que um terço dos alimentos produzidos no mundo vão para o lixo

Cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos produzidos para o consumo humano - um terço do total - é desperdiçado todos os anos, segundo um estudo feito pelo instituto sueco SIK e divulgado recentemente pela agência da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, em inglês). Todos os anos a quantidade total de comida desperdiçada só pelos consumidores nos países ricos (222 milhões de toneladas) é quase o equivalente ao total de alimentos produzidos na África Subsaariana (230 milhões de toneladas).

Apesar da quantidade total de comida jogada fora nos países emergentes e nos desenvolvidos ser quase a mesma - (630 e 670 milhões de toneladas, respectivamente -, o modelo de desperdício é diferente. De acordo com a FAO, enquanto nos países pobres a maior parte dos alimentos é perdida durante o processo de produção e transporte, nos países ricos os responsáveis pelo desperdício são os consumidores (grifo meu). Na Europa e na América do Norte, a média de desperdício per capita está entre 95 e 115 quilos ao ano; já os consumidores da África Subsaariana e do Sudeste Asiático jogam fora entre 6 e 11 quilos anualmente.

"A perda de comida também constitui um grande desperdício de recursos, incluindo água, terra, energia, trabalho e dinheiro, sem falar dos gases do efeito estufa, que são emitidos em vão", assinala o relatório.

(Fonte do texto: desconhecida)


Enquanto isso, milhares morrem de fome...

5 comentários:

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Pois é Angela, nosso país esta entre os que mais desperdiçam alimentos no mundo, e paradoxalmente milhões de brasileiros vivem abaixo da linha da pobreza.
Qual a solução?
De quem é a culpa?
De quem é a omissão?
Bjs.
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

Regina Rozenbaum disse...

Vai entender uma discrepância assim...Sabe, muitas vezes acho que não sou habitante desse mundo...minha capacidade de compreensão para tanto desmando,tanta falta de educação,saúde, segurança anda escassa. E sigo pas-ma Angelinha...pas-ma-da!!!
Beijuuss, amada, n.a.

Carla Fernanda disse...

Se perde tanta coisa.... uma pena ... até amor se perde nesse mundo que nem sempre vale a pena...
Beijos querida!!

Kimbanda disse...

Olá ANGELa, amiga querida e sempre presente.

Fui criado a não ter mais olhos que barriga.
Diziam-me: O que agora desperdiças um dia poderás sentir-lhe a falta.
Mesmo com a contenção e esse ensinamento, passei por fome e frio. Sei o que isso foi, a dada altura da minha infância. Também um dia reconheci, que o que tivesse desperdiçado em tempo, nada serviria no momento presente, a não ser, me pesar na consciência.
Intolerável, constatar como há quem pague balúrdios por uma refeição, e que com esse valor, mataria a fome a uma dezena ou mais de pessoas.
Mais absurdo ainda é o desperdício que aqui retratas.
Me parecem esgotadas as politicas que continuam a nos levar a estas estatísticas.
Ou então, não está por se inventar novos conceitos políticos, mas sim a forma de tornar transparente como atingiram os sinais de riqueza, alguns (maioria) dos que nos governam com o voto de confiança da população.

Beijo e kandandos meus...

Cristina disse...

Tanta gente passa fome nesse mundo e tantos alimentos que poderiam matar a fome vão para o lixo, não dá para entender, falta boa vontade não é? Boa quarta para você minha amiga! Bjssss