domingo, 22 de julho de 2012

Venenos modernos

Minha amiga de longa data, Consolação Monducci, uma taróloga e angelóloga experiente e uma pessoa, definitivamente, 'do bem', usa seu facebook para divulgar seu trabalho com a psicofilosofia huna e tudo que lhe chegar às mãos e possa promover o bem viver: filmes, dietas, textos, etc. Pois bem: este texto foi sugerido por ela e eu tomei a liberdade de copiar e colar aqui porque é assunto muito sério sobre alimentação e saúde. Este material vem do ótimo site, que também frequento, www.minhavida.com.br. Os créditos estão todos aí. Voilà!

Sopa instantânea é uma bomba de sódio e pobre em nutrientes.O pacotinho industrializado prejudica o funcionamento dos rins e do coração


Por Manuela Pagan - publicado em 20/07/2012


 A tentação é grande. Em vez de preparar uma sopa com verdura, legumes e temperinhos naturais é mais fácil apostar na sopa do pacotinho que fica pronta em poucos minutos. Mas quem faz essa opção deve saber dos danos que a alternativa pode trazer à saúde. "O maior perigo do consumo da sopa instantânea é a presença excessiva de sódio, que pode dificultar o funcionamento de órgãos como coração e rins, fundamentais para a adequada circulação do sangue", explica o nutrólogo Roberto Navarro, da Associação Brasileira de Nutrologia. Mas esse é só o primeiro item de uma lista de perigos. Veja abaixo quais são os outros prejuízos para a saúde e para a dieta:
de 7
Sal - foto: Getty Images

Elas são lotadas de sódio

Incluir essa sopa na dieta vai fazer você estourar o limite de sódio recomendado por dia. Para manter a saúde cardiovascular em dia o consumo recomendado pela Organização Mundial de Saúde é de cerca de 2 gramas diárias de sódio - isso se você não tem hipertensão, porque nesse caso a quantidade deve ser ainda menor. Um envelope individual dessas sopas (como aquelas versões de caneca) contém entre 500 e 800 mg de sódio. Ou seja, pelo menos 25% das suas necessidades diárias. "O resultado do consumo excessivo de sódio é que o coração e os rins terão que trabalhar muito mais para conseguir manter a pressão estável", explica o nutricionista Israel. A longo prazo, aumenta-se o risco de hipertensão, infarto e derrame. Descubra aqui por que o sódio é o vilão da hipertensão.
Sopa em pó - foto: Getty Images

São pobres em nutrientes

O nutricionista Israel Adolfo conta que os nutrientes - desidratados ou liofilizados - presentes nas sopas correspondem a uma parcela tão pequena da composição desses industrializados que não fazem diferença em valor nutricional. "A maior parte do alimento é formada por amido ou fécula", conta o especialista. "Geralmente são adicionados alguns minerais e vitaminas, mas mesmo assim, em comparação com a sopa caseira ou mesmo com os ingredientes dela, o valor nutricional continua baixo."
Mulher com fita métrica - foto: Getty Images

Falso amigo da dieta

70, 80, 90, no máximo 100 calorias. A baixa quantidade de calorias dá a falsa ideia de que as sopas industrializadas têm tudo a ver com a sua dieta e serão suas aliadas na hora de eliminar os quilinhos. "O consumo desse alimento em excesso, por ser rico em sódio, além de desencadear a sede - que nem sempre é saciada com água, mas com refrigerantes, que contêm mais sódio - pode gerar dificuldade em eliminar os líquidos e inchaço", explica Roberto Navarro.
Glutamato monossódico - foto: Getty Images

O perigo dos realçadores de sabor

O glutamato monossódico é um realçador de sabor presente nas sopas de saquinho. Além de aumentar a pressão arterial por conter grandes quantidades de sódio, a substância pode trazer outros problemas à saúde. "Estudos mostram que ele pode piorar disfunções de aprendizado, além de favorecer o Mal de Alzheimer e Mal de Parkinson", conta o nutricionista Israel. Outras pesquisas afirmam que a substância pode gerar dependência, uma vez que se assemelha a neurotransmissores e estimula receptores específicos da língua humana.
Sopa - foto: Getty Images

Aditivos nada saudáveis

Apesar da regulamentação feita pela ANVISA, ainda é difícil encontrar algum fabricante que especifique as quantidades de conservantes, corantes e aromatizadores presentes em seu produto, tornando assim, impossível afirmar se ele é saudável ou não. "Apesar dos estudos darem certa tranquilidade quanto ao consumo destes aditivos químicos, comumente utilizados nos alimentos industrializados, nenhum deles é conclusivo e comprova que tais substâncias não têm efeito cumulativo", conta o nutricionista Israel.
Sopa gordurosa - foto: Getty Images

Muita gordura no pacotinho

As gorduras totais do produto somam 2,5 gramas em embalagens de 20 gramas. Substituir, com frequência, uma refeição por sopas desse tipo pode favorecer o aumento do triglicérides. "Essas sopas industrializadas geralmente possuem gordura trans na composição", explica o nutrólogo Roberto Navarro. Apesar desse não ser o principal problema dessas sopas, ele merece atenção. "Apesar de existirem algumas sopas sem gordura na composição, elas continuam pobres em nutrientes e nutricionalmente não recomendadas", completa o nutrólogo.
 Sopa de sabor duvidável  - foto: Getty Images

Sabor duvidável

Sopa de legumes, caldo de feijão, creme de mandioquinha com carne... Com um processo de industrialização tão intenso fica difícil sentir o sabor dos ingredientes da sopa, até porque há mais química e sódio que matéria-prima nesses produtos. Uma sopa caseira pode ser feita com os ingredientes e temperos que você mais gosta, permitindo a degustação de cada um deles. Além de mais saudável, fica mais gostosa. 

4 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Engraçado...desde que vi as propagandas de lançamento desse produto não me seduzi. E bem poderia, sabendo você como adooooro cozinhar rsrs, mas sopas e cremes aprendi com mamis e é tão facim e rapidim de fazer né mesmo?! Nada como uma nesses tempos de friozinho.
Beijuuss, amaaada, n.a.

ClaudiaV disse...

Eu tb sempre evitei a sopa instantanea. Quando trabalhava, na hora de almoço às comia sopa e ficava o dia inteiro indisposta. Deixei de comer sopa em alguns sitios por isso.
Beijinhos e adoro o seu blog!

Luís Coelho disse...

Felizmente que aqui em casa não usamos essas sopas. Fazemos os nossos caldinhos com aquilo que gostamos e que as tornam leves e apetitosas.
Muitas vartiedades de verduras e uma base de cenoura, cebola ou batata passadas.

Sissym disse...

Angela, já faz tempo que cansei destas sopinhas instantaneas, fiquei justamente pensando nos prós e contras!

Eu tenho optado por lanches rapidos e leves, com paes integrais e queijos light.

Beijos