segunda-feira, 6 de agosto de 2012

A farra da bicharada

Estive no sítio, depois de um tempinho em BH. A Serra da Moeda continua linda, mas a Gerdau vem cortando...
Tempo de seca. Muita poeira, tudo meio amarelado, tapetes de folhas pelo chão. Agora é a hora das cítricas: afinal, a natureza é perfeita. Falta chuva, ela compensa com frutos suculentos, para alegria dos pássaros e dos saguis. Espalhamos bandejas com mexericas perto da cozinha e começa a chegar a passarinhada: gaturamos, saíras, sanhaços, pampas, sabiás, saracuras, tico-ticos e cambacicas. O esquilinho da Mata Atlântica chega a vencer sua timidez, para também farrear com a generosa oferta de comida. À noite, a corujinha suindara, que pela quarta vez faz ninho no telhado do nosso quarto, sai à caça, fazendo seu som de rapina. 
No meio dessas criaturinhas de Deus, chegam também famílias inteiras de saguis, com estrelinhas na testa e carinha levada, para usufruir do banquete sem ter que fazer muito esforço. Gosto muito de bicho. Talvez até mais do que de gente. Meus amigos humanos são poucos e selecionados. Tem muita coisa estranha por aí... melhor não arriscar. 
Como sempre, muito trabalho. É preciso molhar as plantas duas vezes ao dia, porque o ar seco e o frio maltratam muito. Eu sinto na pele: fica ressecada, esbranquiçada, pedindo hidratação e cremes o dia inteiro. Há que fazer as podas de agosto, porque a primavera está para chegar. Varrer as folhas do caminho e usá-las como cobertura do solo, para mantê-lo sempre úmido.   
Em compensação, tem oxigênio a vontade, livre de poluição; manhãs de céu escandalosamente azul, quase sem nuvens; o canto das aves e a gritaria dos micos, retribuindo o nosso cuidado. 
É sempre muito bom... Deus conserve! Nós também!


(imagens do google)

5 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Ah que adorei essa partilha!!! E as fotos? Agora conheço um cadim do seu paraíso...muiiiito lindo! E descrito assim, tão poético, é encantamento à primeira visão.
Beijuuss, iluminada_maaada, n.a.

Cancer de Mama Mulher de Peito disse...

Que postagem linda, Ângela!
Viajei na sua narrativa.
E nela fotografei todos esses pássaros, esse lindo paredão de rocha alimenta o nosso espírito.
Nos lembra o quanto somos pequeninos e o quanto o nosso Deus é imenso.
Parabéns mesmo, hoje você alimentou o nosso espírito.
Beijos
Wilma
www.cancerdemamamulherdepeito@blogspot.com

Guma Kimbanda disse...

Eu ia-me "perder"... Contemplação, todos os sentidos apurados e já se está a ver que a minha máquina de registar momentos, estaria do meu lado paciente colaborando para mais tarde recordar.
Belo esse pedaço do paraíso e a forma como o descreves. Amei

Beijo e kandandos com o carinho de sempre

Evanir disse...

Com saudades da sua casinha virtual
estou com meus dias um pouco complicado,
mais se Deus quiser tudo volta ao normal um dia.
Desejo um feliz dia dos pais perto ou longe
da sua presença seja um domingo dos pais
de amor união e paz.
No meu blog tem dois selinhos a esquerda do blog
convido você a pegar os dois selinhos e fazer sua
incrição nos blogs onde será feito o sorteio dos blogs do Brasil.
Dia 10/09/012 será meu aniversário será feito o sorteio
de 2 livros meus.
Com os 2 selinhos você tera 2 oportunidades de ganhar.
Conto com sua colaboração ficarei feliz com sua participação.
Estou sorteando também 2 livros só para Portugal
assim me sinto mais a vontade tenho grandes amizades Além do Mar
assim como todos os blogueiros também tem.
PS:Só vale inscrição para blog.(Facebook)
Não:
Um beijo carinhoso lindo final de semana beijos,Evanir.

Luís Coelho disse...

A Natureza e as suas ofertas graciosas.
Precisamos aprender com estes animais que procuram o seu alimento sem fazer mal a ninguém.
Precisamos de nos renovar como a natureza e encher a nossa alma de bons frutos.