sábado, 9 de outubro de 2010

Crucíferas: receitas fáceis e atraentes


(imagem da internet)
Mencionei ontem dois modos de comer crucíferas sem expô-las demais ao calor. Minha amiga Wilma, no seu comentário, disse do seu prazer em comer vegetais plantados em uma horta caseira. Todos concordam que o sabor é melhor e a segurança, maior.Wilma dá, inclusive, uma sugestão que, simples e boa, resolveria muito problema de fome por aí.
Como estamos em pleno feriado prolongado e no Brasil, de modo geral, as pessoas se confraternizam e usufruem momentos agradáveis em torno de uma boa mesa, que tal tentar sair da macarronada, do frango, do churrasco tradicionais e tentar um prato novo? Vamos lá.


BRÓCOLIS E COUVE-FLOR
Ingredientes
2 1/2 xícaras (chá) de florezinhas de brócolis
A mesma quantidade de florezinhas de couve-flor
2 colheres (sopa) de azeite
4 colheres (sopa de alho picado
1/4 xícara (chá) de salsinha picada
2 colheres (chá) de casca de limão ralada
1 colher (chá) de orégano
1/2 colher(chá) de pimenta calabresa
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado
Sal a gosto
Modo de preparo

Cozinhe o brócolis e a couve-flor por 3 minutos em água com sal. Escorra e reserve. Aqueça o azeite numa frigideira, adicione o alho e frite até começar a soltar o cheiro. Junte a salsinha, a casca de limão, o orégano e a pimenta calabresa. Refogue por 2 minutos, sempre mexendo. Adicione os vegetais e misture, aquecendo-os. Polvilhe o queijo ralado e sirva imediatamente. (O sabor forte dos vegetais desaparece com os temperos e o queijo, podem acreditar)

RECEITAS COM COUVE
Tradicionalmente usamos a couve bem picadinha para fazer omeletes, panquecas e sopas. Nos dois primeiros pratos a couve vai rapidamente ao fogo; e no caso da sopa, sugiro que, após o cozido, ou caldo, ou creme prontos, a couve seja colocada crua no fundo do prato e a sopa fumegante por cima.

SALADA DE RABANETE E NABO COM PEPINO
Ingredientes
1 nabo comprido ou dois redondos
Sal
1 pepino grande
2 rabanetes
1/2 molho de cheiro-verde
3 folhinhas de erva-cidreira (melissa, aquela do chá)
1 colher (sopa) de vinagre de vinho branco
1 colher (sopa) de suco de limão
3 colheres (sopa) de azeite extra virgem
Pimenta-do-reino moída grosseiramente (bem pouquinho!)
Um punhado de brotos de nabo ou qualquer outro broto (vou ensinar como fazer um brotário, aguardem)
Modo de preparo
Descasque o nabo e fatie bem fino. Salpique com sal e deixe descansar por 15 minutos. Lave e descasque o pepino no sentido do comprimento, deixando algumas tiras de casca, para que, ao fatiar, fique um desenho (segredinho: a casca também ajuda na digestão). Corte-o em rodelas bem finas e espalhe-as em uma saladeira. Lave e corte em rodelas bem finas o rabanete, escorra o nabo e arrume-o e os rabanetes sobre as rodelas de pepino.
Lave as ervas e pique bem fininhas.
Para preparar o vinagrete, coloque em um recipiente o vinagre, o caldo de limão, o azeite, a pimenta, o sal e as ervas, misturando bem com um batedor de ovos. Regue a salada com esta mistura.
Por cima disponha os brotos bem lavados e secos com papel-toalha e sirva a seguir com um queijo consistente e pão preto.

Boas receitas: fáceis, não aquecem muito os vegetais, preservando o indole-3 carbinol e, sobretudo, saborosas. Não é proibido inventar novas misturas e acrescentar outros ingredientes. Ao gosto do freguês!

5 comentários:

Kimbanda disse...

Olá Angela, querida amiga.

Saúde e digestão fácil pelo que antevejo e como dizes e muito bem, não é proibido inventar.

Esta vai para os meus favoritos, a parte que me não é fácil cumprir da receita é o colocar pouca pimenta do reino, mas logo se verá.
Será que dá para trocar o vinagre de vinho branco por vinagre de sidra, ou vai estragar tudo?

Uma excelente semana.

Bj. e kandandos

Angela Fonseca disse...

Oi, querido amigo Kimbanda, que saudades! Claro que dá para trocar por vinagre de sidra, sim. Quanto à pimenta do reino, melhor se acautelar. Pode dar cólica de intestino. Volte logo e sempre. Beijos.

Silvana Nunes .'. disse...

Bom dia, minha querida amiga Angela.
Mas é claro que fui lá ver, uma recomendação sua, é sempre uma boa referência. saiba que gostei do que vi, só não me detive mais porque estou sem computador, "filando" dos outros (rs), tem que ser rapidinho.
Logo que resolver a minha situação, voltarei lá com mais calma, pode ter certeza. Gostei muito do que vi, um espaço bastante inteligente e agradável. Aproveito para dar uma olhadinha rápida no seu blog e dar uma copiada nas receitas.
Obrigada por seu carinho.
Beijo grande.

Angela Fonseca disse...

Gostei da visita. Admiro você pela sua sensibilidade e pela profissão que escolheu, um exercício de persistência: também já ensinei e sei que, muitas vezes, é como 'tirar leite das pedras'. Mas só através desta, digamos, 'ordenha' podemos contribuir para construir um mundo diferente. Beijos carinhosos para você também.

Marcia Leandro disse...

Ângela, como foi bom teres aparecido pelo meu blog, retomei as vistas ao teu cantinho e fiquei imensamente feliz com isso. Ando tão enlouquecida com as minhas tarefas diárias que acabo me dando pouco direito ao que me dá prazer visitar tuas delícias por exemplo. Adorei ter voltado. Um beijo e um quebra costelas(abraço dos gaúchos)
Até qualquer dia!