segunda-feira, 5 de abril de 2010

Protegendo o habitat: porque comer orgânicos

Não era minha intenção postar este assunto ainda. Porém, por inspiração de minha querida amiga blogueira, Regina Rozenbaum (toforatodentro.blogspot.com), que publicou recentemente uma imagem bem humorada, mas contundente, sobre desmatamento, achei que caberia falar aqui sobre pequenas ações que podemos realizar para proteger nossa casa maior, nosso habitat tão lindo, mas tão maltratado, um certo planetinha azul chamado Terra.



CONSUMIR ORGÂNICOS

Eles são resultado de um sistema de cultivo inteligente, que não utiliza produtos artificiais e valoriza os recursos naturais. Além de trazerem vantagens para quem os consome, beneficiam a sociedade e o meio ambiente. Abaixo, conheça algumas razões da importância desses alimentos e entenda porque colocá-los à mesa vale a pena.

1. O equilíbrio do meio ambiente é garantido com a agricultura orgânica. São priorizadas técnicas que causem o menor impacto possível no ecossistema da região.
2. A vida animal e vegetal ao redor das plantações é beneficiada, uma vez que estará livre de riscos de contaminação por substâncias químicas presentes em adubos artificiais e agrotóxicos.
3. O cultivo desses alimentos ajuda a reciclar o lixo orgânico, pois a terra é enriquecida com adubos naturais, formados a partir da decomposição de folhas, esterco, verduras, dentre outros.
4. A energia é economizada. Não é preciso fabricar fertilizantes e agrotóxicos, nem meios de aplicá-los, o que diminui o uso de recursos naturais energéticos, como petróleo e óleo diesel.
5. Estudos mostram que os orgânicos possuem mais ou a mesma quantidade de nutrientes que os alimentos convencionais.
6. A agricultura orgânica preserva o solo, evitando sua erosão e desgaste. Promove o uso racional de suas propriedades, cuidando sempre da qualidade e fertilidade natural.
7. Consumir orgânicos é ter uma vida mais saudável. Os insumos e produtos químicos do cultivo convencional podem afetar a saúde de quem consome os vegetais, causando problemas como reações alérgicas e respiratórias.
8. A qualidade da água não é prejudicada. Em cultivos não orgânicos há o risco de contaminação de riachos e lençóis freáticos pelas substâncias agrotóxicas.
9. A produção desses alimentos valoriza os pequenos agricultores e suas famílias, que têm a terra como única forma de sustento. O uso inteligente do solo permite que eles fiquem durante muito tempo no mesmo local.
10. Ao optar por orgânicos, contribui-se para proteger as futuras gerações, que terão acesso a recursos naturais preservados e não contaminados por produtos químicos.

(Fontes: José Antônio Azevedo Espíndola, pesquisador da EMBRAPA Agrobiologia; Fernando Teixeira Silva, pesquisador da EMBRAPA Agroindústria de Alimentos e RG/Nutri Consultoria nutricional, in Revista Vida Natural e Equilíbrio: Ed. Escala, SP, no. 26)

Vivo a maior parte do meu tempo em um abençoado pedaço de terra no interior de Minas Gerais e lá ponho em prática o que prego: alimentação saudável e agricultura orgânica de subsistência. No entanto, mesmo que você não tenha essa possibilidade, já existe um público consumidor de orgânicos crescente nas cidades, o que faz com que aumentem as opões de locais onde adquirir produtos certificados e de boa procedência. Eles custam um pouquinho mais caro - só um pouquinho! Mas valem cada centavo excedente: o sabor é incomparável e... bem, as razões você já sabe!
Comer bem é escolha. Faça a sua.

6 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Ângela, amada!
Passei rapidim só prá dizer que deixei um mimo procê lá no blog! Depois eu volto com calma.
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Angela Fonseca disse...

Já vi e já comentei. Como uma moça bem educada já agradeci também. rsrsrs Obrigada mais uma vez por me brindar com seu carinho. Bjs

José Luiz Foureaux de Souza Júnior disse...

Nada como ter uma amiga antenada, bem informada e "educada"!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!
beijinho

Angela Fonseca disse...

Concordo com tudo! Ô mulher poderosa, eu! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Já se decidiu pelos orgânicos? Você vai a diferença! Hummmm! Bjs

Regina Rozenbaum disse...

Ângela, amada!
Que alegria ter servido de inspiração prá esse post rsrs, bacanérrimo!!! Eu bem que gostaria de fazer parte dos consumidores de orgânicos, mas vou te contar...do tanto que consumo aqui em casa de verduras e legumes, o "orçamento" ainda não me permite... Todas as vezes compro uma coisinha só, e realmente é outro sabor!!! Com dois filhos em "fase de crescimento" rsrs constante, mais colegas deles, tenho que colocar mais água no feijão rsrs!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

Angela Fonseca disse...

De fato, essa turminha chamada 'filhos' come incrivelmente, fora os agregados. Tem importância não: vai comprando de pouquinho em pouquinho, prefira os produtos de época, que sempre saem mais baratos e vá fazendo sua mudança de rumo devagar e sempre. Bjs