sexta-feira, 19 de março de 2010

óleo de oliva.com/mais receitas

Uma das coisas que mais me dá prazer por viver parte significativa do meu tempo no sítio é porque ali estou afinada com os ciclos da natureza. Que são os ciclos da vida. Fico mais sensível, mais atenta e me deixo guiar pelos mínimos sinais.
Outro dia aconteceu uma coisa interessante: cheguei à cozinha às 5h da manhã e uma fileira de formiguinhas pretas, chamadas correição, havia invadido o lugar. Quando elas aparecem assim, organizadas em fileira, vem muita chuva por aí. Então, basta que você elimine algumas no meio da fila para que elas se desorientem, abandonem o lugar e se reorganizem em outro local.
Mais tarde, quando fui fazer um bolo, que leva azeite com um dos ingredientes, ao virar a lata no copo de medida, tive dificuldade para fazer o óleo passar pelo buraquinho aberto. Insistindo um pouco, comecei a ver um fio de óleo correndo para o recipiente com um montão de formiguinhas vindo junto. Caí na risada: um inseto tão pequeno que 'conhece' tão bem a riqueza alimentar do azeite é lição das boas. Ele é um alimento doce e também muito nutritivo e, de alguma forma, a correição sabe disso. Fiz meu bolo - sem formigas, claro! - e agora passo a receita para você. Um detalhe: a receita original está em um livro muito interessante, que ganhei de presente há alguns anos. Chama-se A saúde vem da cozinha, de Lydia Siqueira, uma senhora adventista, vegetariana e que também gosta muito de cozinhar. Acontece que a minha receita atual difere bastante da original, porque gosto de experimentar outras possibilidades, sempre atenta à saúde. Aí vai:
BOLO DE CENOURA
Ingredientes:
3 cenouras médias, descascadas e raladas (ou processadas)
3 ovos inteiros
3/4 de xícara (chá) de azeite (não precisa ser extravirgem, mas que seja de boa qualidade)
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
1 pitada de sal
1 xícara (chá) de farinha de trigo branca (tipo 1 ou especial) peneirada
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral fina peneirada
2 colheres (sobremesa) bem servidas de fermento em pó
Nozes picadas e passas (opcional)
Modo de preparo
Bater no liquidificador as cenouras raladas, os ovos, o óleo, o sal e o açúcar mascavo (prefiro este açúcar ao cristal, ou refinado, porque é mais doce e podemos usar menor quantidade). Reservar. Em uma vasilha a parte, colocar as farinhas, peneirando-as com uma peneira fina.
Derramar o líquido batido por cima e misturar bem, até obter uma massa homogênea. Agregar delicadamente o fermento (e as nozes picadas e passas) à mistura. Colocar essa massa em uma forma redonda, untada com manteiga e enfarinhada. Levar para assar em forno alto pré-aquecido, na prateleira superior, por cerca de 30 min, ou até que fique dourado. Minha sugestão: após os primeiros 20 min de forno, manter a temperatura alta, mas colocar um tabuleiro na prateleira inferior para que não toste por baixo e cresça bem. Tem dado certo.
Para quem gosta de bolo, esta é uma receita simples, saudável, cheirosa e bonita - porque se come primeiro com a visão e o olfato, não é verdade? Só não vale exagerar, porque carboidrato engorda e eleva a taxa de triglicérides no sangue. Para os celíacos, que não podem ingerir gluten, substituir a farinha de trigo por outro tipo de farináceo sem a proteína, e o açúcar por adoçante, o que vale também para os diabéticos. Garanto que a receita não perde nada em gostosura. Dispensa até a tão comum cobertura de chocolate.
No próximo post trarei receitas de azeite temperado, combinado? Até lá!

4 comentários:

Regina Rozenbaum disse...

Ângela,amada!
Já tá aceito o convite rsrs. Só vc mesma, com tanta delicadeza prá enxergar beleza em tudo...Linkei vc lá no blog pois assim fica mais fácil te "perseguir"rsrs e tô feliz de ver que tem amados meus já fazendo o messssmo.YESSSS! Obrigada por toda essa energia. Um ótimo final de semana procê!
Beijuuss n.c.

www.toforatodentro.blogspot.com

José Luiz Foureaux de Souza Júnior disse...

Adoro bolo! Voltando, vou testar todas as suas receitas, já sabendo que vai ficar uma delícia... por conta da "origem"!!!
Uma dúvida: formiga não faz bem "pras vista"???!!!
;-)
beijinho

Angela Fonseca disse...

Ô Regina amiga, são seus olhos generosos a ver tudo isso. Também fiqui feliz de ver seus amados me 'perseguindo', se eu puder ajudar as pessoas a comerem o que gostam mas de um modo saudável, ficarei muito feliz.
Quanto à comemoração, é só dizer quando e farei, com prazer, uma de minhas receitinhas pra gente se esbaldar, certo? Bjs

Angela Fonseca disse...

Aí, ZéLu querido, adorei nossa longa prosa de hoje, senti que você saiu da preguiça um pouquinho para gargalhar com as minhas 'bobagens', ou 'bubiças', como diz a Zilda... Linhás, também já ouvi dizer que formiga faz bem 'pras vista', mas não conheço nenhuma pesquisa séria à respeito, ainda (rsrsrs...) Just in case, espero uma revisão da literatura, para incluí-la nos ingredientes, tá? (rsrsrs... de novo). Bjs